Domingo, 27 de Agosto de 2006
FÁTIMA EM AGOSTO


Fátima e o seu Santuário é uma das zonas do país mais frequentadas durante o mês de Agosto. Isso deve-se não apenas ao facto de ser um período de férias mas, sobretudo, pela presença dos emigrantes portugueses que regressaram para passar algum tempo nas suas terras, junto dos familiares ou simplesmente para tratar dos seus haveres em Portugal. As semanas com início em 13 e 20 têm um afluxo enorme, dado que aos emigrantes e suas famílias juntam-se outros peregrinos portugueses ou estrangeiros que, também em ocasião de lazer, aproveitam para visitar o santuário e ver ou rever o Altar do Mundo. São milhares de visitantes diários que dão um colorido diferente à cidade e aos seus lugares sagrados.


publicado por josedusantos às 22:58
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Cumprir promessas


A fé dos devotos de Nossa Senhora é grande. O movimento em redor da capelinha da Virgem é extraordinário. O percurso é sempre idêntico: entram no Santuário, dirigem-se à Capelinha das Aparições, fazem as suas orações e de seguida colocam as velas, cumprindo assim promessas feitas. Muitos deles cumprem-nas de outro modo: vemos centenas de devotos durante o dia a percorrer de joelhos o caminho dos penitentes e alguns com quanto sacrifício o fazem. São de de todos os graus etários, homens, mulheres e crianças. Quantas mães ( e pais) nós vemos com os seus filhos ao colo percorrendo aquele espaço que começa ao fundo do recinto e vai terminar na capelinha. Respeito, compreensão e tolerância deverá ser o nosso posicionamento perante uma atitude tão séria e cujos motivos dizem apenas respeito a quem - com tanta coragem - corresponde às graças recebidas.


publicado por josedusantos às 22:56
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Oferta de flores à Virgem


A oferta de flores à Virgem é um dos actos que mais admiro, não apenas pelo gesto, mas essencialmente pelo significado. Noutros tempos as noivas iam colocar o seu ramo junto de Nossa Senhora - hoje há menos a fazê-lo. Mas o hábito das senhoras não se perdeu. A mulher portuguesa - e não só - aprecia a beleza, o prazer de dar e receber flores, sendo natural que ao visitar a capelinha queiram agradecer as graças recebidas ofertando o que consideram de mais belo: a pureza e o amor que as flores expressam. É um regalo para os olhos ver tantos ramos de flores em redor de Nossa Senhora e até no exterior, atrás da capelinha em tabuleiros destinados para o efeito. Quantos milhares de flores são ali colocadas, não sabemos - nem sequer isso interessa -, mas garantimos que são muitas e doadas com amor, disso não duvidamos.


publicado por josedusantos às 22:54
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

A luz da fé


Esta irmã - possìvelmente consagrada - vai colocar uma vela junto de outras que estão a arder em honra da Virgem. Notamos que estava acompanhada de várias pessoas, é natural que alguém lhe tenha pedido para o fazer, mas o significado mantém-se. O caminho para a fé passa pela luz que cada um transporta e faz arder no seu coração, só assim tem a esperança de uma vida melhor, esse é o desejo e a meta dos crentes no Cristo Salvador.


publicado por josedusantos às 22:52
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Água de Fátima


A água que brota das torneiras colocadas em redor do monumento ao Coração de Jesus é, segundo sabemos, de uma nascente que ainda alimenta aquelas bicas. Muitos devotos acreditam nos poderes curativos - ou não - daquela água. Será uma questão de fé individual ou a esperança que move a sua crença. Muitos peregrinos enchem garrafas, garrafões e outros recipientes que levam consigo. Também poderá ser uma recordação. Falando em recordação, eu tive o privilégio de ter uma tia - por afinidade, mas que eu considerava como se tivésse laços de sangue - que sempre que vinha a Fátima gostava de levar uma garrafinha com a água que brota das fontes do Coração de Jesus. Ela, que foi um exemplo de vida, onde o amor pelo próximo estava patente no seu coração e nos seus actos, tinha uma devoção muito especial por Nossa Senhora e estará agora na comunhão dos santos. A sua fé era enorme e certamente que o Senhor a recompensou, tal qual como poderá acontecer com cada um de nós. Lutemos pela esperança de o conseguir, depositando aos pés da Virgem as nossas humildes súplicas.


publicado por josedusantos às 22:28
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

Domingo, 13 de Agosto de 2006
Peregrinação Internacional 12 e 13 Agosto em Fátima

Foto: Santuário de Fátima

D. Dionisio Lachovicz, responsável da Igreja Greco-Católica pelas Comunidades Ucranianas do Exterior, presidiu à Eucaristia como delegado do Cardeal Lubormyr Husar, patriarca da Igreja Greco-Católica da Ucrânia, acompanhado por D. Vitalino Canas, Bispo de Beja.
Durante a homilia, D. Dionisio Lachovicz abordou as causas e problemas que enfrenatam as comunidades de imigrantes, especialmente os originários do Leste Europeu.
"Ao caírem os muros e rasgarem-se as cortinas de ferro, o mundo inteiro percebeu o mal que o sistema soviético ateu conseguiu fazer nas pessoas e na sociedade, além da falência total do seu sistema económico. A queda e falência do sistema soviético gerou novas estruturas de morte - cabeças da serpente do mal - sequela de um sistema injusto e criminoso". Depois de interrogar no sentido de saber se era possível encontrar soluções, disse: Sim, é possível. É preciso olhar para o alto, na direcção do Sol e acharemos a solução. Acredito que o milagre da "dança do Sol" poderá repetir-se, apesar das tempestades morais do contexto social.
Em Fátima, hoje acontece o milagre! Chegamos peregrinos de várias latitudes - portugueses emigrantes dispersos pelo mundo (nota do autor: são cerca de 1/3, ou seja, cerca de cinco milhões de portugueses emigrados), trabalhadores migrantes em Portugal procedentes de várias nações, refugiados à procura de paz e liberdade - aqui todos irmanamos na fé em Cristo.
Com o coração ao Alto, em direcção do Sol, donde veio Nossa Senhora cheia de luz. Aqui podeis reencontrar a vossa fé, a luz para a vossa vida de migrantes, a solução dos vossos problemas pessoais e familiares e o conforto da Igreja que vos ama como uma Mãe".
Foi agradável a participação nas cerimónias conjugando a participação dos dois ritos, de realçar a alegria exprimida através do canto que o rito Bizantino alberga. O canto final do coro de Kiev "Estamos hoje muito contentes, porque estamos junto de Nossa Senhora" traduz um pouco o mistério e a vida dos povos orientais e a sua devoção a Nossa Senhora.
Nesta Missa Internacional, onde estiveram presentes mais de 120.000 peregrinos, destaque também para a oferta do trigo por parte dos peregrinos, evento que habitualmente é feito no mês de Agosto - já é uma constante de 67 anos - e que se destina ao fabrico das hóstias utilizadas no Santuário de Fátima.
Nas cerimónias finais da procissão do Adeus - um momento alto de emoções - era visível em rostos de Ucranianos, Portugueses - e até de outras nações - algumas lágrimas a rolarem pelas suas faces. A despedida custa sempre mais, mas a verdade é que poderá ser um "até breve" para quem voltar um dia, um "até sempre" para quem não tiver oportunidade para tal, mas será - certamente - um momento único para aqueles que tiveram a felicidade de participar. Não vão não esquecer tão cedo, disso estou certo. Que Nossa Senhora vos proteja.


publicado por josedusantos às 19:54
link do post | comentar | favorito
|

Bispo de Leiria-Fátima voltou a apelar à Paz

foto: Santuário de Fátima

D. António Marto, bispo de Leiria-Fátima, na abertura das cerimónias da Peregrinação Internacional de Agosto realizada no dia 12 na Capelinha das Aparições, em Fátima, insistiu num cessar-fogo imediato para o Médio Oriente.
"O Mundo vive ensombrado por uma guerra mortífera, uma guerra que, como foi dito por Nossa Senhora de Fátima, se assemelha a um inferno. à onda da guerra precisamos de opor uma onda de misericórdia e, por isso, queremos fazer esta peregrinação com essa intenção, disse.
O Bispo de Leiria-Fátima pediu a todos os cristãos para rezarem "pelo cessar-fogo na terra onde se desencadeou a história da Salvação".


publicado por josedusantos às 19:37
link do post | comentar | favorito
|

Comunidade Ucraniana em Portugal

Foto de Ana Paula -Fátima Missionária


A Igreja Portuguesa, através da Comissão Episcopal de Mobilidade Humana e à qual preside o Bispo de Beja, D. Vitalino Canas, em colaboração com a Diocese de Leiria-Fátima e Santuário, está a promover uma semana de sensibilização e encontro a realizar em todo o país e dedicado à imigração procedente da Europa de Leste. A peregrinação internacional do Migrante e Refugiado que decorreu ontem e hoje em Fátima, foi presidida por D. Dionisio Lachovicz, bispo auxiliar do Arcebispo Maior de Kiev e Halytch, responsável pelas Comunidades Ucranianas no Exterior.
Os imigrantes Ucranianos sendo já a segunda maior comunidade em Portugal, vieram trazer uma maior qualidade cultural e humana ao nosso País. Pela primeira vez foi possível assistir no Santuário de Fátima à celebração da Missa Internacional no rito latino e oriental (Greco Católico), o que revela uma procura de diálogo ecuménico, tornando o papel da Igreja mais enriquecedor. Foi isso mesmo que D. António Marto aludiu nas palavras finais da Peregrinação Internacional, para além das saudações que dirigiu aos doentes , às crianças, àqueles que de algum modo sofrem, dizendo que como responsável da Diocese Leiria-Fátima estava com eles.


publicado por josedusantos às 18:44
link do post | comentar | favorito
|

Sexta-feira, 11 de Agosto de 2006
Igreja Paroquial de Fátima


Esta Igreja, agora reconstruída, tem um historial nas Aparições de Fátima que merece ser relembrado. Era o local onde a família dos pastorinhos se deslocava para cumprir as suas obrigações religiosas, assim como aconteceu com Francisco, Jacinta e Lúcia. Aqui foram baptizados e receberam a primeira comunhão. Toda a vivência religiosa em Fátima passou por aqui, embora a partir da construção da Capelinha, conforme pedido de Nossa Senhora, o movimento em redor de Fátima passou a exercer-se mais (para os forasteiros e visitantes, sobretudo) na Cova da Iria. Após a construção da Basílica do Santuário de Fátima, a Igreja Paroquial continuou a exercer o seu papel para os fieis da Freguesia de Fátima. Há um destaque que deve ser referido, trata-se do actual pároco, Manuel António Henriques, que este ano comemora 50 (cinquenta) anos à frente desta Paróquia. Meio século dedicado aos fatimenses, quantas histórias não terá para contar....
Uma vida cheia, onde predominam a dedicação à Igreja e ao serviço aos seus paroquianos. Este Homem de Deus dedicou a sua vida a Fátima. Tem uma obra de que se pode orgulhar. É de salientar que também foi de sua a iniciativa a fundação do então Centro Paroquial de Fátima - hoje Centro Desportivo de Fátima. Quando um dia tive oportunidade de lhe perguntar porquê, ele referiu-me a sua aposta na juventude e o encontrar meios de a cativar para uma vida sâ através do desporto. Nessa época (1958/66) ainda era possível ter desporto competitivo, mas sem as mazelas que hoje vemos. O clube acabaria por ser oficialmente escriturado como tal em janeiro de 1966. Hoje já é um grande clube, embora o padre Henriques esteja afastado, mantém-se como sócio nº 1. Raramente vai ver os jogos, mas não perde o relato, ele próprio o confessa. É conhecida a sua devoção a Nossa Senhora, de quem é muito devoto e que porventura o terá ajudado em missão tão importante ao longo da sua vida.


publicado por josedusantos às 23:50
link do post | comentar | favorito
|

Poço do Arneiro


Um dos locais que merecem uma visita quase obrigatória, tendo em conta a importância que teve este local nas Aparições de Fátima.


publicado por josedusantos às 23:16
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Agosto 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
12

14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

28
29
30
31


posts recentes

FÁTIMA EM AGOSTO

Cumprir promessas

Oferta de flores à Virgem

A luz da fé

Água de Fátima

Peregrinação Internaciona...

Bispo de Leiria-Fátima vo...

Comunidade Ucraniana em P...

Igreja Paroquial de Fátim...

Poço do Arneiro

arquivos

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds