Segunda-feira, 23 de Janeiro de 2006
Modelo de ACOLHIMENTO



ACOLHIMENTO, ORAÇÃO E A CONSOLAÇÃO

O padre José Bottacin (mais conhecido por padre Zézinho) missionário da Consolata, entregou a sua alma ao Senhor em 15 de Janeiro deste ano, após 91 anos de vida. Nasceu em Treviso – Itália e trabalhou em Portugal desde 1966, passando os últimos anos em Fátima. De uma entrega total, acolhia com amor quantos o procuravam. Dele não se poderá dizer que tinha uma paciência de santo, mas antes que era um Santo com paciência. A sua bênção era o porto de abrigo para os que recorriam a ele nos momentos de angústia. O seu acolhimento e consolação marcava todos aqueles que viam nele um santo. Recordamos as palavras do seu superior quando, definindo-o, dizia que o padre Zé “não gostava que recorressem a ele apenas para por problemas materiais, falta de dinheiro, etc., antes insistia sempre na necessidade da oração, na procura da paz do Senhor”.
Para todos nós que, de alguma forma tivemos o privilégio de contactar com ele foi um choque a sua partida, mas que será compensada pela certeza de que teremos mais um intercessor junto do Senhor.


publicado por josedusantos às 23:28
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Domingo, 22 de Janeiro de 2006
VIVA PORTUGAL - Por um Portugal Maior


Os Portugueses elegeram o novo Presidente da República. Parabéns ao Prof. Aníbal Cavaco Silva que acaba de receber a confiança deste País. As suas palavras de que estará "atento aos mais desfavorecidos" é uma promessa que todos desejamos ver cumprida, só assim a confiança dos portugueses não será traída.


publicado por josedusantos às 23:03
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

ACOLHIMENTO * Imigrantes: Outras Culturas, a Mesma Cidadania


SABER ACOLHER É ABRIR O NOSSO CORAÇÃO AOS OUTROS


publicado por josedusantos às 19:34
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 18 de Janeiro de 2006
Monumento aos Pastorinhos


Quem chega a Fátima e depara com este Monumento - a rotunda dos Pastorinhos - já sabe que faltam apenas algumas centenas de metros para o final da viagem que, em muitos casos, quão longa foi. Muitos viajantes chegam em viaturas, mas grande parte - dezenas de milhares - vieram a pé percorrendo, por vezes, centenas de km. Corpo dorido, pés cansados e quantas vezes feridos, mas com enorme espírito de alegria pela concretização do objectivo. Para trás quantos sacrificios ficaram, mas quase tudo esquece perante a visão da proximidade do Santuário, onde Nossa Senhora, Mãe da Humanidade acolhe os seus filhos de braços abertos. Cada peregrino tem a sua história para contar, o seu pedido a fazer, o agradecimento para colocar aos pés da Virgem.
Quando regressam às suas casas levam algo que não tem preço: a paz interior que lhes vai permitir voltar a encarar o dia a dia, mas agora com fé e a esperança numa vida melhor. Só por isso, a viagem não esquecerá, nunca mais.


publicado por josedusantos às 00:54
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito

Domingo, 1 de Janeiro de 2006
DIA MUNDIAL DA PAZ
O primeiro dia de Janeiro é conhecido como o Dia Mundial da Paz
De acordo com o humanismo cristão, a paz é dom de Deus, mas também construção humana. Nossa Senhora quando apareceu em Fátima veio pedir penitência e oração para a obtenção da paz. O fundamento principal para a construção da paz é a verdade. A busca da paz começa por cada um de nós. Disse o saudoso Irmão Roger, da Comunidade de Taizé, que “é a paz do coração que permite lançar um olhar de esperança sobre o Mundo”. Temos de estar em paz connosco e com os outros. Paz na nossa família, no local de trabalho e a partir daqui irradiar para o exterior.
Não pode haver paz onde existe fome, falta de casa, ausência de uma prestação de cuidados de saúde eficazes – principalmente para os mais carenciados –, ensino inexistente ou ineficaz, injustiça.
O terrorismo – um dos maiores flagelos actuais – é de uma ignomínia atroz, pois até os Estados o praticam em nome da liberdade democrática e/ou religiosa. Aqueles que o ordenam ou praticam demonstram um enorme desprezo pela vida humana. Também a exploração do trabalho humano que é feito pela desregulada economia da globalização e a concentração do poder económico e político a que estamos a assistir, estão a contribuir para a pobreza e exclusão social de milhões de pessoas.
O armamento nuclear é outro dos impedimentos para a paz. O Papa Bento XVI fez um alerta aos governos quanto ao seu fabrico ou posse, afirmando que “a verdade da paz requer que todos – tanto os governos que de forma explícita ou táctica possuem armas nucleares, como os que pretendem consegui-las – invertam conjuntamente a marcha, orientando-se para um progressivo e concordado desarmamento nuclear”.
Afinal há tantos obstáculos para atingir a paz, vamos ultrapassar o primeiro acolhendo o espírito natalício no nosso coração e peçamos ao Senhor que nos conceda a força necessária para percorrer o estreito caminho que nos conduz à verdadeira Paz.


publicado por josedusantos às 19:52
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito

PAZ NA TERRA AOS HOMENS DE BOA VONTADE

Esta pomba branca foi - durante anos - uma presença fiel no andor de N. S. de Fátima.


publicado por josedusantos às 19:47
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Janeiro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27

29
30
31


posts recentes

A caminho do centenário

FÁTIMA EM AGOSTO

Cumprir promessas

Oferta de flores à Virgem

A luz da fé

Água de Fátima

Peregrinação Internaciona...

Bispo de Leiria-Fátima vo...

Comunidade Ucraniana em P...

Igreja Paroquial de Fátim...

arquivos

Janeiro 2017

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

tags

todas as tags

Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds