Terça-feira, 28 de Março de 2006
Peregrinação Nacional de Escuteiros


Um grupo de Escuteiros a caminho do Santuário

O escutismo católico teve mais um momento alto na sua jornada de 25 e 26 de Março ao Santuário de Fátima, dando prova de uma vitalidade contagiante. Dezenas de milhares de jovens e menos jovens afluiram ao local sagrado, ofertando à Senhora "Mãe dos Escutas" a sua alegria e entrega ao ideal.
O ponto alto do encontro foi definido por D. António Carrilho, quando afirmou que "a Igreja conta convosco, o Mundo precisa de vós, da vossa alegria, do compromisso e da entrega". A consagração dos Escuteiros Católicos, a quem eles "consagraram a vida" para n'Ela conhecer Jesus, será um dos momentos inesquecíveis do seu percurso.
Coube ao Chefe Nacional do CNE, Luís Lidington, o anúncio oficial do inicio das comemorações em Portugal do Centenário do Escutismo, cujo apogeu será o Jamboree Mundial (Acampamento) que terá lugar em Inglaterra no verão de 2007.
Recordando um pouco da história do Escutismo, foi Baden-Powel o seu fundador e é considerado o maior movimento de educação não-formal juvenil do mundo. A sua existência em Portugal remonta ao ano de 1923 (tem 83 anos) quando o então Arcebispo de Braga D. Manuel Vieira de Matos e o Dr. Avelino Gonçalves encetaram a obra. O primeiro Acampamento Nacional ocorreu em Aljubarrota, em Agosto de 1926. A 9 de Março de 1975 foi revigorado com a aprovação dos novos estatutos, sendo empossada a 1ª Junta Central. Em 1976 dá-se a abertura do movimento ao sexo feminino e em 1982 chega o reconhecimento internacional. Até hoje, o movimento não parou de crescer e é um marco importante na vida de centenas de milhares de pessoas que em todo o Mundo seguem essa via no encontro da sua fé com Deus.


publicado por josedusantos às 00:09
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito

Sexta-feira, 24 de Março de 2006
ALJUSTREL HOJE


Rua de Aljustrel (a caminho do Calvário)

"ALJUSTREL E VALINHOS, O OUTRO PULMÃO DO SANTUÁRIO DE FÁTIMA"

O Santuário de Fátima está a preparar as Jornadas Nacionais de Abril, em realização prevista para os dias 28 e 29 sob este tema. O evento decorre no contexto dos 90 anos das Aparições do Anjo (2006) e de Nossa Senhora de Fátima (2007).
A iniciativa vai decorrer no Centro Pastoral Paulo VI, estando agendada uma visita guiada aos Valinhos e Aljustrel para o final de tarde do dia 30 de Abril.
Segundo os responsáveis pelo evento, as jornadas procurarão apresentar aqueles lugares sob a leitura de especialistas de diversas áreas de estudo e lançar algumas pistas de reflexão sobre aquilo que se espera que Aljustrel e Valinhos sejam no futuro.
Em termos de programa cultural é de destacar a apresentação do bailado "A solo com os Anjos" , numa coreografia do "Tuttu Ballet", escola de dança sedeada em Fátima.
Oportunamente voltaremos ao assunto, dado a importância do mesmo e na medida em que deve ser analisada a contribuição que o Santuário de Fátima se propôs dar à sociedade civil neste campo, pois além da sua missão especificamente religiosa, há muito que abriu vias no sentido de uma colaboração com as autoridades políticas para uma melhor gestão de recursos. A prova mais recente é a construção da Igreja da Santíssima Trindade em que o Santuário assumiu os encargos do túnel da avenida D. José Alves Correia da Silva.


publicado por josedusantos às 16:46
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

ALJUSTREL DE OUTRORA


Casa dos pais de Lúcia


publicado por josedusantos às 16:01
link do post | comentar | favorito

ALJUSTREL DE OUTRORA


Casa dos pais de Francisco e Jacinta


publicado por josedusantos às 15:48
link do post | comentar | favorito

Sábado, 18 de Março de 2006
NÃO HÁ GRADES QUE APRISIONEM AS FLORES


Assim como não há machado que corte a raiz do pensamento, também não há grades que prendam as flores que despontam do amor.
Por muito grossas que sejam as barras, nunca impedem o desabrochar das flores que são o fruto de um verdadeiro amor que faz unir um homem e uma mulher.
A Igreja dedica o dia 19 de Março a S. José e é nesta data que é comemorado o dia do Pai.
Dirijo a todos os pais - sobretudo àqueles que tiveram a coragem de o assumir na plenitude - uma saudação muito especial e convosco partilho essa enorme satisfação. Apesar da dureza da vida, sinto-me compensado pelos filhos que tenho.
Se este é o meu dia, também é o vosso. Para a Lena, Maria José, Filipe e Tânia que tenham um dia muito feliz e que Deus vos abençôe.


publicado por josedusantos às 23:52
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Quinta-feira, 9 de Março de 2006
VAMOS FALAR DE AMOR?

Foto obtida em Ramila - Fátima

Amor, a quanto obrigas.....
Todos nós já ouvimos esta frase algum dia. Quando falamos de amor com um(a) jovem, logo o interpreta no sentido humano - que também é sublime - que envolve um homem e uma mulher. Mas no sentido mais lato da palavra, poderemos abordar o AMOR que une Deus e o Homem - aqui o termo Homem é significativo de Humanidade - por Ele criado. Este amor é a única explicação cabal para a nossa presença na Terra. É a partir daqui que poderemos compreender, aceitar e por em prática o amor humano, seja entre homem e mulher ou aquele que dispensamos e cultivamos para com o próximo. Amor é algo difícil de explicar, mas que sabe bem dar. Quando o amor que nutrimos pelo próximo é real, então poderemos compará-lo - de uma forma imperfeita, é certo - com uma flor, tal como a dos catos que está acima. Belas flores que emergem de uma planta cheia de espinhos e que, quando lhe tocamos, magoam dolorosamente. Quando formos capazes de amar desta forma, então estaremos próximo da perfeição que Deus quer de nós.


publicado por josedusantos às 20:47
link do post | comentar | favorito

Sábado, 4 de Março de 2006
Tempo de preparação para a Páscoa

Tojos em flor. Foto capturada na zona de Fátima

LEMBRA-TE DE QUE ÉS PÓ E EM PÓ TE IRÁS TORNAR

Quarta-feira, dia de cinzas, a Igreja alerta os cristãos para uma verdade que, a ser devidamente ponderada, mudaria a face do Mundo. Se tivermos presente este pensamento, como será a nossa vida? Uma coisa é certa, nascemos e morremos, mas o espaço de tempo em que vivemos estaremos a aproveitá-lo devidamente? A vida é sempre bela - é um dom do Criador -, mas quantas vezes nos esquecemos de que por muitos anos que Deus nos conceda, é sempre um tempo de passagem. Pobre ou rico; bom ou mau, feliz ou infeliz, tudo acabará um dia. Quando chegar a data da partida, apenas nos resta uma coisa: aquilo que fizemos de bem ou deixamos de fazer. A Igreja propõe-nos penitência e oração neste período que nos levará à comemoração da Páscoa. Vamos reflectir com seriedade e analisar o que temos feito do dom da vida que Deus nos concedeu, será que o nosso próximo vê em nós aquele que o acolhe e com ele partilha, ou não? Que o Senhor nos conceda a graça de encontrarmos o nosso próprio caminho, mantendo a esperança de uma vida melhor, mas nunca esquecendo que somos responsáveis por trabalhar em prole dos que são marginalizados pela sociedade ou que não tem possibilidades de obter o indispensável para ter uma vida digna.


publicado por josedusantos às 18:03
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Janeiro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27

29
30
31


posts recentes

A caminho do centenário

FÁTIMA EM AGOSTO

Cumprir promessas

Oferta de flores à Virgem

A luz da fé

Água de Fátima

Peregrinação Internaciona...

Bispo de Leiria-Fátima vo...

Comunidade Ucraniana em P...

Igreja Paroquial de Fátim...

arquivos

Janeiro 2017

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

tags

todas as tags

Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds