Sábado, 15 de Abril de 2006
Sacrifício Supremo: A MORTE NA CRUZ


O sacrifício da própria vida para salvar o outro apenas está ao alcance de alguém que defende um valor que considera supremo. O homem que abraça uma causa pode, em momento instintivo - por vezes desprovido de razoabilidade -, entregar a sua vida pelo próximo. A minha geração que serviu o País - pela obrigatoriedade de prestar serviço militar - sabe o que isso significa. Foram muitos aqueles que deram a sua vida em defesa de valores que na ocasião os políticos e militares diziam que eram sagrados. Alguns foram galardoados pelos seus feitos a título póstumo, outros foram distinguidos com condecorações e a maior parte foi esquecida por uns e outros, apesar de terem prestado um serviço - sem preço - à Pátria. Não pretendo pôr em causa a razão daqueles que foram capazes de morrer pelo companheiro, pelo amigo - pelo contário, curvo-me perante a sua audácia e generosidade -, mas a verdade é que o fizeram porque o Estado os colocou nesse dilema (outros não tiveram sequer a coragem de cumprir aquilo que o Estado exigia, optaram pela fuga ao dever). Naqueles momentos em que a vida se colocava em jogo - matavam ou eram mortos - houve Homens que deram a sua vida e com isso salvaram a de outros. Os actos heróicos - ou não - apenas poderão ser confirmados por aqueles que ficaram para sempre calados, mas a sua entrega nunca deve ser esquecida e temos obrigação de os louvar.
Cristo sendo Deus assumiu-se como Homem, nasceu, viveu e morreu no madeiro da cruz pela Humanidade. Fê-lo por vontade própria, como supremo acto de amor. Morreu por ti, por mim, por todos nós. É um acto de doação que ultrapassa a nossa compreensão humana, por mais inteligentes que possamos ser. Só é possível compreender através da fé. É MESMO UMA QUESTÃO DE FÉ. Quem a têm, aceita, mas aquele que não crê, dificilmente o entenderá. Para todos aqueles que, como eu, sentem dificuldade em abranger este mistério, apenas nos resta um caminho: pedir ao Senhor que nos ilumine e conceda o dom da Fé.


publicado por josedusantos às 15:20
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Janeiro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27

29
30
31


posts recentes

A caminho do centenário

FÁTIMA EM AGOSTO

Cumprir promessas

Oferta de flores à Virgem

A luz da fé

Água de Fátima

Peregrinação Internaciona...

Bispo de Leiria-Fátima vo...

Comunidade Ucraniana em P...

Igreja Paroquial de Fátim...

arquivos

Janeiro 2017

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

tags

todas as tags

Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds